Cadastre-se e receba por e-mail o nosso informativo.

28.03.19

Nota de repúdio à tentativa bolsonarista de festejar uma infâmia



        Diante da intenção do Presidente da República de “festejar” o golpe militar de 1964, que afundou o País em 21 anos de totalitarismo, destruindo famílias, carreiras e sonhos, a Associação das Advogadas e Advogados Criminalistas do RGS saúda vivamente a posição da Ordem dos Advogados do Brasil, na pessoa de seu Presidente, ilustre Colega Felipe Santa Cruz, que assim se manifestou: 

        "Em um cenário de crise econômica, com quase 13 milhões de desempregados, é preciso olhar para a frente e tratar do que importa: o futuro do povo brasileiro. Comemorar a instalação de uma ditadura que fechou instituições democráticas e censurou a imprensa é querer dirigir olhando para o retrovisor, mirando uma estrada tenebrosa. Não podemos dividir ainda mais uma nação já fraturada: a quem pode interessar celebrar um regime que mutilou pessoas, desapareceu com seus inimigos, separou famílias, torturou tantos brasileiros e brasileiras, inclusive mulheres grávidas? Não podemos permitir que os ódios do passado envenenem o presente, destruindo o futuro".

        A palavras do grande “bâtonnier” da advocacia externam o sentimento de todos os que lutam pela manutenção do Estado Democrático de Direito e têm o total aplauso da Acriergs, a qual mais uma vez se ombreia com a OAB na defesa intransigente da democracia.

        César Peres

        Presidente da Acriergs


Fonte: Cesar Peres